O Trabalho dos Outros é Melhor Que o Meu!

By 16 de junho de 2017Café ICONIC

Envie o link da sua arte aqui: http://iconic.network/arte-cafe-iconic 

Hoje falamos sobre o que fazer quando a arte dos outros sempre parece ser melhor que a nossa e nos sentimos mal por isso, e também sobre a importância de ser um currículo brilhante que tem cheiro de lavanda.

A arte escolhida dessa semana foi a de Mariana Souto! Veja o portfólio dela aqui: https://www.artstation.com/artist/marianasouto

Quer tirar alguma dúvida sua? Deixe aqui nos comentários que leremos com alegria! ⚓

 


Tem mais de onde esse veio! Clique aqui para ver outros Cafés.

ICONIC Network

Author ICONIC Network

More posts by ICONIC Network
  • Saudações, capitão! Em primeiro lugar, parabéns pelo conteúdo a cada
    Café Iconic eu me sinto mais motivado. Tenho uma pequena dúvida, não sou
    ilustrador profissional, desenho apenas por hobby, mas nos últimos dias
    tenho pensado em trabalhar e viver da minha arte e tive uma pequena
    ideia, como uma maneira de divulgar do meu trabalho e de treinar e
    crescer profissionalmente também, pensei em escolher uma obra literária de domínio
    público e realizar um projeto de ilustração
    nele. É interessante esse método de trabalho? E quais dicas você poderia
    dar para que eu aproveite ao máximo este projeto? Grande abraço,
    capitão!

  • Bruna Zappas

    Oi, Henrique! Tudo tri? Ando fazendo ilustrações pra treinar e atualizar meu portfólio, mas tem uma coisa que sempre me atrapalha. Depois que termino uma peça posso até ficar orgulhosa do que fiz, só que depois de um tempo (às vezes minutos) já mudo de idéia e acho que não ficou bom. Sei que faz parte do processo de evolução, mas parece que nunca vou gostar do que faço! Como não surtar? haha Obrigada!

  • Bruno Medeiros

    Muito Obrigado pelos conselhos capitão! Sinto que estou no caminho certo, porém são tantas coisas pra estudar e melhorar que as vezes acabo perdendo o foco, mas procuro sempre lembrar de usar o mindmeister e o todoist que vc recomendou em outro vídeo pra ajudar a tocar os projetos. O aprendizado é como seguir o caminho do cavaleiro: lento, porém firme e forte.